Em debate Beraldo destaca papel pedagógico do Tribunal

web_beraldo_2.png

29/09/17- SÃO PAULO- Durante encontro promovido ontem pela Associação Brasileira de Municípios (ABM), o presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Sidney Beraldo,defendeu que os gestores se capacitem cada vez mais para evitar problemas administrativos.

“O Tribunal vem elencando as principais dificuldades enfrentadas pelos municípios e trabalhando de forma preventiva. Temos publicações, promovemos cursos e reuniões. Estamos abertos ao diálogo”, declarou.

Realizado em Santo André, no ABC paulista, o evento reuniu prefeitos, vereadores, secretários municipais e representantes da sociedade civil. Também participaram do debate o Presidente da ABM, Edu-ardo Tadeu Pereira; o Vice-Presidente da entidade e prefeito de São Bernardo do Campo, Orlando Morando Júnior; e o Presidente da Associação Brasileira de Advogados Criminais, Luiz Flávio Borges D’Urso.

“É preciso haver um entendimento por parte dos administradores de que existe um arcabouço jurídico complexo que tem de ser cumprido”, disse Beraldo, ao falar sobre a judicialização da gestão pública. “Mas nós, que temos a experiência, devemos contribuir e dar orientações sobre como agir mesmo não sendo um órgão consultivo. Sempre pensando, claro, nas políticas públicas que poderão ser implementadas em benefício da população.”

Já Orlando Morando pediu cuidado aos administradores. “A judicialização equivocada pode levar ao desgoverno. Mas o TCESP não deve olhar os prefeitos com benevolência porque o histórico é ruim”, afirmou. “Devemos ter cuidado com nossas ações e ter mais sintonia com a sociedade. O que se podia fazer no passado, hoje não é mais tolerável.”

De acordo com o Presidente da ABM, Eduardo Tadeu Pereira, também é fundamental reestabelecer o diálogo entre os 3 poderes, órgãos fiscalizadores e os municípios. “As instituições precisam interagir sem reservas”, completou D ́Urso.

O evento faz parte de uma série de 5 encontros organizados pela ABM para estimular a troca de experiências entre gestores.