Segunda Câmara aplica multas de 400 Ufesp’s

20/04/2017 – SÃO PAULO – Reunidos no auditório nobre, na terça (18/4), os Conselheiros da Segunda Câmara analisaram 77 processos da pauta. Entre os processos, 10 contratos foram julgados irregulares.

As prestações de contas das Câmaras de Ariranha, Nova Canaã Paulista (2014) e Iperó (2015) foram julgadas irregulares. As contas das Prefeituras de Floreal, Estiva Gerbi e Nipoã – todas do exercício de 2015 – receberam pareceres desfavoráveis. A Câmara aplicou multas no total de 400 Ufesp’s.

A sessão foi presidida pelo Conselheiro Antonio Roque Citadini e integrada pelo Conselheiro Dimas Eduardo Ramalho e pelo Auditor-Substituto de Conselheiro Alexandre Manir Figueiredo Sarquis. A procuradora Élida Graziane Pinto representou o Ministério Público de Contas e o Procurador Carim José Feres a Procuradoria da Fazenda Estadual, respectivamente.

 

Assista a íntegra da sessão

Confira a íntegra dos resultados

*Esta publicação tem caráter meramente noticioso e não substitui as publicações do Diário Oficial.