"Temos que enfrentar a crise com boa gestão", diz Presidente em Suzano

webdoor-beraldo-suzano_1.png

07/07/2017 – SÃO PAULO – O Presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Sidney Beraldo, afirmou ontem que os administradores devem enfrentar a crise que afeta o país investindo em gestão.

"Não adianta chorar. Temos que lidar com isso, começando por uma boa gestão. Temos que aproveitar cada centavo público com eficiência e de acordo com as leis", declarou ele, durante a sétima reunião do Ciclo de Debates com Agentes Políticos e Dirigentes Municipais deste ano.

O Presidente ressaltou ainda que uma das prioridades da Corte é orientar os prefeitos e responsáveis por despesas para que os recursos originários dos impostos sejam gastos de maneira adequada. "Vamos prevenir cada vez mais para evitar problemas no futuro. Queremos ser parceiros de vocês para, juntos, superarmos definitivamente tudo isso e melhorarmos a qualidade do serviço público."

. Orientações

Lideranças políticas presentes à reunião também destacaram a relevância das orientações do Tribunal para o sucesso dos governos municipais. "É muito bom ser fiscalizador, mas é muito importante também ser um órgão parceiro, sempre de mãos dadas, lado a lado", afirmou o prefeito Rodrigo Ashiuchi.

O deputado estadual Estevam Galvão, segundo secretário da Assembleia Legislativa de São Paulo, concordou. "Vamos deixar claro que o tribunal não é um bicho papão, não está lá simplesmente para punir, mas também para auxiliar, apontar e ensinar. Muitas vezes as contas recebem pareceres desfavoráveis por desleixo, desgoverno."

O ciclo, realizado no Teatro Municipal "Doutor Armando de Ré", debateu assuntos relacionados ao planejamento, controle interno, transparência e terceiro setor. Foram convidados prefeitos, secretários e vereadores de 31 cidades da Região Metropolitana.

"O interesse do TCE é o mesmo dos senhores. É o interesse público, é melhorar a gestão", completou o procurador-geral do Ministério Público de Contas, Rafael Demarchi Costa.

. IEGM x ONU

O Presidente Sidney Beraldo também falou aos prefeitos sobre a importância da adesão aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODSs), um conjunto de 17 metas criado pela ONU para ajudar as cidades a investirem em crescimento econômico com justiça social e sustentabilidade ambiental.

Há duas semanas, o TCESP assinou uma parceria com o PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) para auxiliar os municípios na implementação dessas medidas. O IEG-M (Índice de Efetividade da Gestão Municipal), indicador criado pela Corte paulista, vai ser usado pelas Nações Unidas como ferramenta para avaliar a evolução das metas no país.

Clique para acessar a galeria de fotos