Resultados do IEGM

O Índice de Efetividade da Gestão Municipal - IEGM, medido pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo a partir de 2015, tem como principal finalidade o aperfeiçoamento das ações governamentais, mediante a divulgação dos níveis de desempenho de resultado, ou seja, dos indicadores finalísticos de eficiência e eficácia das políticas adotadas para atendimento das necessidades da população, inicialmente nos seguintes setores:

  • Educação
  • Saúde
  • Planejamento
  • Gestão Fiscal
  • Meio Ambiente
  • Proteção dos Cidadãos
  • Governança da Tecnologia da Informação

Os dados, apurados com base em informações prestadas pelos próprios Municípios e obtidos durante a atividade de fiscalização, são apresentados de forma clara e objetiva, para facilitar sua compreensão pelo Administrador Público, membros do Poder Legislativo, servidores e cidadãos, auxiliar na correção de rumos, reavaliação de prioridades e consolidação do planejamento.

Trata-se, portanto, de mais um instrumento criado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, entre vários outros, na busca pela transparência , pela gestão responsável e pela satisfação das necessidades sociais.


Manuais:

Manual de Acesso ao Sistema de Questionáriosdo IEG-M

Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) – Exercício 2020 / Apuração 2021

Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) + Errata IEG-M – Exercício 2019 / Apuração 2020

Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) – Exercício 2017 / Apuração 2018

Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) – Exercício 2016 / Apuração 2017

Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) – Exercício 2015 / Apuração 2016

Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM) – Exercício 2014 / Apuração 2015


Anuários:

Anuário IEG-M - Exercício 2019/Apuração 2020

Anuário IEG-M - Exercício 2018/Apuração 2019

Anuário IEG-M - Exercício 2016/Apuração 2017

Anuário IEG-M - Exercício 2015/Apuração 2016

Anuário IEG-M - Exercício 2014/Apuração 2015


Outras publicações:

Relatório – Estamos avançando na gestão do lixo?